Afastado das atividades presenciais por ter contraído pela segunda vez Covid, o Presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, segue confiante na permanência do time na Série A do Brasileiro.

O mandatário leonino, que acredita ser liberado para trabalhar na próxima quinta-feira, falou com o Blog nesta manhã de segunda-feira, 01.

Apesar da derrota para o Atlético Mineiro por 2×0 e a posição incômoda de 17º, na zona do rebaixamento, com 35 pontos, Marcelo Paz não vê o momento como desesperador.

“Só depende de nós. Não dependemos de ninguém. Nossos concorrentes vão pegar adversários dificílimos e temos confrontos diretos. A confiança segue em alta no nosso elenco. Temos totais condições de permanecermos (na Série A)”, afirmou.

Questionado sobre alguma premiação extra ao elenco para essa reta final de Campeonato Brasileiro, Marcelo Paz foi categórico ao afirmar que tudo está conforme o planejado.

“Desde o início do Campeonato estabelecemos uma premiação. Tudo foi acertado com os jogadores. As premiações por vitória e por objetivo estão em dia. E para essa reta final para conseguirmos o nosso principal objetivo que é a permanência, os valores acordados são muito bons”, completou.

O Fortaleza enfrenta o Coritiba na próxima quinta-feira, 04, na Arena Castelão, às 18h30. O jogo é considerado uma decisão por todos no clube. Vale lembrar que o treinador Enderson Moreira, assim como Marcelo Paz, está com Covid e depende da melhora em seu estado de saúde e de novos exames para voltar ao trabalho e comandar a equipe. No último sábado, o técnico leonino foi hospitalizado, mas apenas por precaução.

Na última partida, diante do Galo, em Belo Horizonte, quem comandou o time foi o auxiliar Leonardo Porto.

📸 Arquivo Pessoal