Em mais um esforço para diminuir os impactos da pandemia no Estado do Ceará, o Governador Camilo Santana anunciou nessa sexta-feira, 26, novas medidas de restrição em Decreto publicado no Diário Oficial.

No documento, apesar de determinar “toque de recolher” no Estado do Ceará nos dias da semana, das 20h às 5h, e aos sábados e domingos, das 19h às 5h, o Chefe do Executivo Estadual concedeu permissão para a realização da Copa do Nordeste:

“§ 2º Por serem fechados para o público, com o respeito aos protocolos sanitários estabelecidos, os jogos da Copa do Nordeste poderão ser realizados no Estádio Castelão, em Fortaleza, nos horários agendados, com transmissão exclusiva pelos meios de comunicação”.

A competição regional vai começar em território cearense somente na próxima quarta-feira, dia 03. O Fortaleza recebe o CRB, às 19h30, na Arena Castelão. Já no sábado, dia 06, o Ceará enfrenta o Vitória, também no Castelão, mas às 16h.

Por outro lado, o torcedor pode questionar o motivo de não haver menção no atual Decreto, que começa a valer a partir deste sábado, 27, e tem duração até o próximo dia 7 de março, ao Campeonato Cearense 2021 (Masculino) e ao Campeonato Cearense 2020 (feminino), que estão em andamento.

Vale lembrar que todas as partidas das duas competições estão e vão ser realizadas no período da tarde, a partir das 15h30. Ao especificar a permissão para realizar a Copa do Nordeste, o Governo do Estado evita qualquer problema com os clubes, como o ocorrido semana passada, pelo Brasileirão.

No dia 18 de fevereiro, o Fortaleza tinha jogo agendado contra o Bahia para fora do horário do Decreto e não conseguiu com a CBF adiar a partida. Um dia depois do anúncio das medidas de “toque de recolher”, os dirigentes do Fortaleza alertarem para uma brecha no documento, então o Governo autorizou a realização do jogo.

📸 Marcelo Paz, Governador Camilo Santana e Robinson de Castro em encontro no Palácio Iracema em 2019 – Divulgação/Governo do Estado