A badalada reformulação prometida pelo Presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, ao término da Série A do Brasileiro, na semana passada, ainda está distante de ser concluída. E o time tricolor já estreia nesta quarta-feira, na Copa do Nordeste, às 19h30, diante do CRB, na Arena Castelão.

Até o momento no grupo do Fortaleza entraram 7 novos jogadores e saíram 5 atletas. Foram 4 reforços: o meia Lucas Crispim, os volantes Éderson e Matheus Jussa e o atacante Robson. Três que voltaram de empréstimo: os atacantes Coutinho e Tiago Orobó e o meia Matheus Vargas. Enquanto cinco não seguem mais no elenco: o zagueiro Roger Carvalho, o lateral Gabriel Dias, o volante Derley e os atacantes Éderson e Bergson.

O vai e vem, contudo, segue firme. E a prioridade agora é o setor defensivo. O técnico Enderson Moreira precisa de um lateral-direito e um zagueiro. A saída de Gabriel Dias e o entrave nas renovações de Jackson e Paulão aceleraram o processo de aquisição para a chegada dos dois reforços com urgência.

Os primeiros jogos na Copa do Nordeste também vão servir de laboratório para a turma da base, que foi agregada, assim como para os jogadores, que chegaram de empréstimo, e até aqueles que permaneceram do elenco da Série A. Quem não render vai ser cedido para outro clube.

Atualmente, o grupo tricolor é formado por 19 jogadores, que terminaram a temporada passada, com mais 7 novos jogadores (entre novatos e emprestados) e outros 4 agregados da base.

📸 Bruno Oliveira/FortalezaEC