O Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol do Estado do Ceará (TJDF) resolveu suspender por unanimidade nesta sexta-feira, 11, o julgamento, que poderia excluir o Crato do Campeonato Cearense. Os auditores decidiram não apreciar o pedido feito pelo Maracanã e pelo Icasa.

Uma nova data será definida pela corte judicante, que vai esperar a conclusão das investigações sobre manipulação de resultados por parte da Procuradoria do TJDF e pelo Ministério Público.

Dessa forma o Campeonato Cearense continua e os jogos de volta das semifinais serão realizados normalmente neste sábado com Iguatu x Caucaia e Fortaleza x Ferroviário. Os dois classificados farão a grande decisão do Estadual.

No domingo passado, o Presidente do TJDF, Frederico Bandeira, determinou a suspensão imediata do Campeonato Cearense. No entanto, um dia depois, a FCF conseguiu, através do STJD, anular a decisão do Tribunal local.

Entenda o Caso

Antes da última rodada da 1ª Fase do Campeonato Cearense, o TJDF atendeu a um pedido da FCF e suspendeu o Crato de todas as competições organizadas pela Federação A entidade apresentou relatórios da empresa Sportradar.

“Tais relatórios ensejam gravíssima constatação de manipulação de resultado, envolvendo a agremiação do Crato Esporte Clube, possivelmente por seus dirigentes e atletas e, que, na data de hoje, 16/02/2022, ocorrera uma partida envolvendo tal agremiação contra a agremiação Atlético Cearense onde salienta-se que a equipe do Crato Esporte Clube fora derrotada pelo elástico e inacreditável placar de 9×2, o que, por si só demonstra flagrante indício de manipulação de resultados”, declarou o presidente do Tribunal, Frederico Bandeira à época. Com isso, a partida diante do Ferroviário, pela última rodada não aconteceu e o Peixe ganhou o jogo por W.O.

Com isso, Icasa e Maracanã entraram com pedido no TJDF para que o Crato fosse excluído do Campeonato Cearense e assim pudessem se beneficiar com a saída do time do Cariri.

O Maracanã, por exemplo, empatou 2 jogos e se conquistasse as vitórias diante do Crato passaria o Iguatu na classificação da 1ª Fase. Dessa forma, era pra ter disputado as quartas de final. Já o Icasa, que escalou um jogador irregular após receber 3 cartões amarelos, seria beneficiado, pois o atleta recebeu uma das advertências justamente em uma partida diante do Crato.

No entanto, vale lembrar que o Campeonato Cearense não poderá mais ser suspenso ou paralisado, devido à decisão do STJD, que ainda fará o julgamento final para definir o mérito.

📸Blog do Kempes
📸Pedro Chaves/FCF