O Ceará deu um grande passo para conquistar a classificação às oitavas de final da Copa do Brasil. No duelo de Ida, no Interior de Minas Gerais, ganhou do Tombense, por 2×0, e agora, pode até perder por 1 gol de diferença, no próximo dia 12 de maio, que se garante na próxima fase e fatura mais R$ 3 milhões.

Essa vitória tem uma personagem central: Vina. O meia-atacante alvinegro voltou ao time (depois de cumprir suspensão diante do Botafogo, no último domingo) e foi decisivo. Marcou os 2 gols da partida, um deles, um verdadeiro golaço de falta e o outro lutou até o fim para passar pelo adversário e colocar de canhota no fundo das redes.

Vale lembrar que o Ceará atuou praticamente todo o 2º tempo com 1 jogador a menos. Messias foi expulso aos 6min (era o último homem e impediu o adversário de ir com a bola dominada em direção ao gol) o que provocou uma forte pressão do Tombense, que teve pelo menos 3 chances para empatar. Mas o ditado de quem não faz, leva, foi levado ao pé da letra.

Só que a vitória alvinegra começou a ser construída logo aos 13min do 1º tempo. Vina bateu uma cobrança de falta com perfeição e abriu o placar. O jogo ficou equilibrado com os mineiros tendo espaço. Claramente o Ceará sentiu as ausências de Richard (poupado), Fernando Sobral e Richardson (ambos machucados).

Quando se imaginou que no 2º tempo o time alvinegro iria corrigir os problemas, Messias foi expulso. O Tombense cresceu na partida, colocou bola na trave, perdeu chance de baixo da trave e João Ricardo ainda fez uma bela defesa. Só que o homem do jogo apareceu. Vina não vacilou e fechou o placar.

📸Israel Simonton/CearaSC