O balanço financeiro da temporada 2021 do Fortaleza Esporte Clube foi divulgado na última quarta-feira com números impressionantes e que mostram o maior faturamento e superavit da história do clube leonino.

O saldo positivo é de impressionantes R$ 15 milhões. Nunca antes na história do Fortaleza, o clube conseguiu um superavit dessa envergadura.

Ano passado, o Tricolor teve uma receita de R$ 175 milhões, é mais que o dobro de 2020, quando amealhou R$ 86 milhões. Só para se ter uma ideia, em direitos de transmissão em 2021, o Leão recebeu R$ 54 milhões.

E olhe que o clube projetava uma receita de R$ 94 milhões, sem esquecer que a pandemia impediu a presença do torcedor nos estádios até outubro, o que tirou bastante grana dos cofres tricolores, seja em bilheteria, seja através socio torcedor.

Por falar nisso, o programa de sócio, que ano passado chegou a ficar com pouco mais de 9 mil participantes e hoje já caminha a passos largos para os 50 mil, rendeu ao Leão R$ 14 milhões.

Já os patrocinadores também tiveram faturamento recorde: R$ 9,3 milhões, quase 50% em relação a 2020, quando recebeu R$ 6,3 milhões. Lembrando que o Leão fechou o maior patrocínio da sua história com a cearense Zenir.

Nas rendas das partidas, onde o Tricolor não pôde contar com o apoio da torcida em boa parte da campanha histórica na Copa do Brasil e do Brasileirão, além de não ter comparecido à Final do Campeonato Cearense, o clube ainda conseguiu arrecadar em R$ 5,6 milhões.

Sobre as despesas, só com folha salarial de atletas, direitos de imagem, comissão a agentes etc subiu de chegou a R$ 106,7 milhões na temporada passada.

Confira os valores de alguns tópicos do relatório (de acordo com o Balanço anual e com os créditos do Blog do Cássio Zirpoli):

FATURAMENTO ANUAL:
2014 R$ 12.386.495
2015 R$ 19.281.315
2016 R$ 23.383.609
2017 R$ 24.456.997
2018 R$ 51.621.897
2019 R$ 120.490.995
2020 R$ 86.069.940
2021 R$ 175.053.214

RESULTADO DO BALANÇO:
2014 R$ 1.920.459 (NEGATIVO)
2015 R$ 1.667.300 (NEGATIVO)
2016 R$ 325.844 (POSITIVO)
2017 R$ 1.192.688 (NEGATIVO)
2018 R$ 1.503.071 (POSITIVO)
2019 R$ 3.444.392 (POSITIVO)
2020 R$ 9.787.635 (NEGATIVO)
2021 R$ 15.300.604 (POSITIVO)

PATROCÍNIO:
2017 R$ 1.411.996
2018 R$ 7.693.695
2019 R$ 7.517.773
2020 R$ 6.331.412
2021 R$ 9.380.785

BILHETERIA:
2017 R$ 5.134.102
2018 R$ 9.114.655
2019 R$ 11.891.514
2020 R$ 2.027.631
2021 R$ 5.689.516

SÓCIO TORCEDOR:
2017 R$ 5.770.297
2018 R$ 12.255.570
2019 R$ 18.614.682
2020 R$ 11.213.353
2021 R$ 14.080.081

DIREITOS DE TRANSMISSÃO:
2017 R$ 669.915
2018 R$ 6.366.829
2019 R$ 31.110.382
2020 R$ 24.108.650
2021 R$ 54.533.112

📸Leonardo Moreira/FortalezaEC