Fotos: Conmebol

Nenhum dos 32 times da Copa Sul-Americana teve um desempenho igual ao Ceará. O Vovô de maneira avassaladora, inédita e histórica terminou a fase de grupos com 100% de aproveitamento, melhor campanha, melhor ataque, melhor defesa e a tão sonhada e inédita vaga para o mata-mata do torneio continental.

A vitória por 2×0 em cima do Independiente, nesta quarta-feira, na hostil “Batalha de Avellaneda” comprovou a implacável força do time alvinegro que chegou a incríveis 6 triunfos, em 6 jogos, 15 gols marcados e apenas 1 sofrido.

Essa jornada alvinegra leva o clube a poder disputar, caso avance na competição até a semifinal, os jogos de volta na Arena Castelão. Aliás, nenhum outro time conseguiu esse aproveitamento na Sul-Americana, desde que a competição mudou de formato ano passado.

No duelo dessa noite no Estádio Libertadores de América, o Ceará jogou consciente e sabendo explorar o nervosismo e a impaciência do adversário argentinos, que precisavam vencer por 2 gols de diferença para se classificar. Tanto que no 1º tempo, quem teve as melhores chances foi o Vovô. Nos acréscimos, Lindoso abriu o placar.

Na etapa final, a equipe do técnico Dorival Júnior, que foi expulso ainda no 1º tempo, só administrou o resultado e esperou o apito final para conquistar a épica classificação. Antes, nos acréscimos, Mendoza deixou sua marca e fechou o placar.

Agora, é saborear de todas as formas o status de melhor da Sul-Americana, entrar para a história, esperar o sorteio na sexta-feira e saber quem será o adversário nas oitavas.