Foto: Conmebol

O sonho virou realidade. O que parecia improvável aconteceu. De maneira arrebatadora e encantadora, o Fortaleza, que precisava apenas de um empate, venceu o Colo-Colo por 4×3, em Santiago, na noite dessa quarta-feira, e garantiu vaga nas oitavas de final da Libertadores.

Com atuações impecáveis de Marcelo Boeck, Felipe, Lucas Lima e principalmente Moisés (com 2 gols e 1 assistência), o Fortaleza provou que mesmo sendo debutante na competição, não tremeu, nem fraquejou e mostrou toda a força, o talento e a competência da equipe comandada pelo técnico Juan Pablo Vojvoda.

Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza EC

A histórica e inédita classificação passa por um trabalho árduo de muita união, responsabilidade, talento, solidariedade, planejamento e concentração de todos no clube. Mesmo nos momentos mais difíceis, quando muitos exigiam que a comissão técnica deixasse de lado a Libertadores para priorizar o Brasileirão, Vojvoda e seus atletas afirmaram que iriam garantir o mesmo foco em todas os jogos.

O Fortaleza mostrou de maneira incrível que é possível acreditar e realizar os sonhos. A campanha de 2º lugar no Grupo F eliminando Colo-Colo e Alianza Lima e ficando atrás apenas do gigante River Plate só prova que o feito leonino é gigante.

Neste 25 de maio, no Estádio Monumental, em Santiago, as atuações de todos os atletas tricolores entram para a história e fazem parte de uma das mais lindas histórias do Fortaleza em seus 104 anos de vida.