Não bastasse a tristeza pelo rebaixamento à Série B do Brasileiro, a torcida do Ceará ficou ainda mais furiosa, após a divulgação da “Carta Aberta à Nação Alvinegra” com um pedido de desculpas da diretoria executiva.

Nas redes sociais, a revolta dos alvinegros é enorme e o pedido de renúncia do presidente Robinson de Castro é o principal tema das milhares de opiniões na postagem do clube. No Instagram, com pouco mais de 30min da publicação, havia mais de 4 mil comentários.

As consequências do rebaixamento já chegaram a uma das principais fontes de receita do clube: o programa de sócio torcedor. Em apenas 2 dias, mais de 5 mil associados saíram. O clube que se orgulhava de ter passado dos 50 mil sócios, agora tem pouco mais de 45 mil.

Enquanto isso, o clube irá passar por eleições no Conselho Deliberativo, no próximo mês de dezembro. Já no próximo domingo, a despedida melancólica da Série A, na Arena Castelão, às 16h, de portões fechados, sem torcida, e diante do também rebaixado Juventude.