Brítez em treino no CT do Independiente. Foto: Mateus Lotif/Fortaleza EC

O elenco do Fortaleza encerrou os preparativos para enfrentar o San Lorenzo com um treino de apronto na tarde dessa quarta-feira, no CT do Independiente, em Buenos Aires.

O técnico Juan Pablo Vojvoda comandou um trabalho tático, mas não revelou qual equipe vai levar a campo para o duelo dessa quinta-feira, às 19h, no Estádio Pedro Bidegain (“El Nuevo Gasómetro”), casa do San Lorenzo, com transmissão da ESPN e Star+.

O treinador argentino, contudo, não vai poder contar com o atacante Thiago Galhardo, o meia Lucas Crispim e o lateral-direito Dudu, machucados, além do zagueiro Bernardo Schappo, que não viajou com a delegação leonina (clube vai informar amanhã, 1h antes do jogo, o motivo da ausência).

Por outro lado, Vojvoda, como já é costume, deve escalar uma equipe diferente da que empatou por 1×1 contra o Internacional, no sábado passado, na Arena Castelão. A tendência é um time mais seguro, com uma pegada forte no meio.

Por isso, é possível que a formação seja com 3 volantes, Zé Welison, Hércules, Sasha e Caio disputem as 3 posições. Enquanto no ataque, Pochettino e Romarinho devem lutar pela vaga de Galhardo.

O provável time do Fortaleza, que se conseguir um empate mantém a liderança do Grupo H da Sul-Americana, pode ser: Fernando Miguel; Tinga (Brítez), Benevenuto (Brítez), Titi e Bruno Pacheco; Sasha, Caio e Hércules; Romarinho (Pochettino), Lucero (Romero) e Moisés.