Marcelo Paz e João Paulo assinaram acordo com a LFF e os investidores. Fotos: Ascom/FEC e CSC

Fortaleza e Ceará devem receber nesta semana o 1º adiantamento pelo contrato assinado com a investidora Serengeti Asset Management, que fechou acordo com 24 clubes da Liga Forte Futebol.

Os valores serão de R$ 24 milhões para o Fortaleza e R$ 12 milhões para o Ceará. No total, a investidora irá pagar R$ 331 milhões aos 24 times.

A informação é do jornalista Adalberto Leister Filho, na Máquina do Esporte, que noticiou também o motivo de Internacional e ABC, os outros 2 clubes da Liga Forte Futebol, ainda não terem assinado o acordo com a Serengeti.

O clube gaúcho está com a aprovação do contrato presa no Conselho Deliberativo, que ainda não decidiu sobre o assunto. Já a equipe potiguar enfrenta problemas jurídicos internos para aceitar a proposta“.

Vale lembrar que o Internacional seria o clube com direito ao maior pagamento (R$ 44 milhões). Agora, serão Atlético/MG e Fluminense os 2 maiores a receber: R$ 43 milhões (cada).

É bom apenas recordar que a Liga Forte Futebol assinou um contrato em que os investidores (Serengeti e Life Capital) terão direito a 20% das receitas comerciais geradas pelos clubes na tão aguardada liga brasileira pelo período de 50 anos (isso mesmo, meio século).

O valor inicial é de R$ 2,32 bilhões. Lembrando que se houver a adesão de 40 clubes, o montante sobe para R$ 4,6 bilhões.

Confira abaixo os valores que cada clube irá receber nesta semana de adiantamento da Serengeti:

Atlético/MG: R$ 43 milhões
Fluminense: R$ 43 milhões
Athletico: R$ 41 milhões
Coritiba: R$ 32 milhões
Goiás: R$ 30 milhões
Fortaleza: R$ 24 milhões
América/MG: R$ 23 milhões
Sport: R$ 14 milhões
Ceará: R$ 12 milhões
Cuiabá: R$ 11 milhões
Avaí: R$ 9 milhões
Chapecoense: R$ 9 milhões
Juventude: R$ 9 milhões
Atlético/GO: R$ 9 milhões
Criciúma: R$ 6 milhões
CRB: R$ 4 milhões
Vila Nova: R$ 4 milhões
Londrina: R$ 4 milhões
Tombense: R$ 4 milhões