Treinador alvinegro em sua apresentação no final de abril. Foto: Marcelo Vidal/CSC

O técnico Eduardo Barroca foi demitido ainda nos vestiários da Arena Castelão, nesta quarta-feira, após o empate frustrante contra o Avaí, por 0x0, pela 14ª Rodada da Série B do Brasileiro.

A demissão acontece 9 dias depois de o diretor de futebol do Ceará, Albeci Júnior, e o executivo de futebol, Juliano Camargo, fazerem uma apresentação e um balanço sobre o departamento de futebol do clube e concederem entrevista coletiva.

Além do treinador, deixam o clube os auxiliares Felipe Lucena e Anthoni Santoro. Durante seu período de trabalho à frente do Ceará, Eduardo Barroca dirigiu o time em 13 jogos, sendo 6 vitórias, 3 empates e 4 derrotas. O ex-técnico comandou a equipe na final da Copa do Nordeste desta temporada que deu o Tricampeonato regional ao Alvinegro.

Os auxiliares fixos do clube, Rodrigo Leitão e Marcos Valadares assumem o comando das atividades da equipe até a contratação de um novo treinador. Guto Ferreira é o nome mais cotado para assumir.

O elenco alvinegro se reapresenta na tarde desta quinta-feira, no Estádio Vovozão. O time volta a campo somente no domingo, às 18h, em Recife, contra o Sport, pela 15ª Rodada da Série B do Brasileiro.