Ponto Facultativo I
O Governo Federal, através do Ministério da Gestão e Inovação, vai publicar uma portaria para conceder ponto facultativo aos servidores públicos federais nos dias de jogos da Seleção Brasileira Feminina durante a Copa do Mundo. O torneio na Austrália e na Nova Zelândia acontece de 20 de julho e 20 de agosto. O Brasil estreia no dia 24 (segunda-feira), às 8h, contra o Panamá, e ainda enfrentará a França, sábado, 29, às 8h, e fecha a 1ª Fase diante da Jamaica, em 2 de agosto (quarta-feira), às 7h.

Foto: Thaís Magalhães/CBF

Ponto Facultativo II
É bom ressaltar também que a Portaria define algumas particularidades. Não é o dia todo sem trabalhar, não. Para as partidas que começarem até 7h30 (diante da Jamaica), o expediente terá início às 11h. Enquanto que nos dias de jogos iniciados às 8h (na estreia diante do Panamá), o expediente começará ao meio-dia. A regra ainda prevê que os servidores deverão compensar as horas não trabalhadas até o dia 29 de dezembro deste ano.

Agilidade Tricolor
O Fortaleza anunciou o volante Pedro Augusto num dia (quinta) e no outro (sexta) já estava com contrato registrado no BID da CBF. O novo reforço leonino estava no Tondela, da 2ª Divisão de Portugal, onde atuou por 4 temporadas. Assim, caso esteja em condições físicas e o técnico Juan Pablo Vojvoda desejar, o ex-são-paulino poderá estrear já neste domingo, diante do Cuiabá, às 16h, na Arena Castelão.

Desfalques em Mirassol
A delegação do Ceará viajou nessa sexta-feira, 14, ao Interior paulista, para, no domingo, enfrentar o Mirassol, às 15h30, com transmissão da Band e do Premiere. O técnico Guto Ferreira não poderá contar com 5 atletas: o goleiro Richard e o zagueiro Luiz Otávio, que se recuperaram de lesão, o lateral-direito Orejuela e os atacantes Pedrinho e Erick Pulga não foram relacionados. 1h antes do início do jogo, o clube vai divulgar os motivos das ausências.

Foto: Felipe Santos/Ceará SC

Vovô em Mirassol
Por outro lado, Guto Ferreira poderá repetir a escalação que venceu o Botafogo/SP, por 3×0, na sexta-feira da semana passada. Bruno Ferreira, Warley, Tiago Pagnussat, Gabriel Lacerda e Willian Formiga; Richardson, Zé Ricardo e Chay; Janderson, Nicolas e Erick. No banco, o treinador alvinegro ainda terá à disposição: o goleiro André, os zagueiros David Ricardo e Léo Santos; os meio-campistas Caíque, Willian Maranhão, Guilherme Castilho e Jean Carlos, além dos atacantes Hygor e Bissoli.

Cacique Suspenso
Depois de 2 jogos perdidos por W.O, a Federação Cearense de Futebol resolveu excluir o Guarany de Sobral da Taça Fares Lopes, aplicar um multa de R$ 20 mil e ainda suspender o clube por 2 anos de qualquer outra competição coordenada pela FCF. O Cacique do Vale não poderá participar nem de torneios da base, o time estava disputando o Estadual Sub-20 e também será excluído. A equipe sobralense disputou neste ano a Série B Cearense, mas não conseguiu o acesso, assim a partir de 2026, vai recomeças as atividades na 3ª Divisão estadual.

Foto: Arquivo/FCF

Cacique Suspenso I
A grave crise financeira que atingiu o Guarany de Sobral ultrapassou todos os limites. A falta de recursos e o pouco patrocínio, que tem (via Prefeitura), estava sendo barrado pela Justiça devido às dívidas trabalhistas. Com isso, não há o que fazer se não encerrar as atividades, se reorganizar financeiramente para pagar o que deve e tentar voltar daqui a 2 anos de uma maneira que o Cacique do Vale, o 1º time cearense campeão brasileiro e um dos principais do Interior do Estado, mantenha sua tradição.