A temporada 2021 começa hoje para o Ceará na estreia na Copa do Nordeste. O elenco ainda está sendo formatado e o técnico Guto Ferreira já avisou à diretoria que quer trabalhar com 34 jogadores.

Um dos nomes que o treinador e os dirigentes alvinegros querem que permaneça no clube é o meia-atacante Lima. O jogador teve seu vínculo encerrado neste domingo, dia 28, e como pertence ao Grêmio, o atleta precisa se apresentar.

Lima, no entanto, pediu mais alguns dias ao clube gaúcho para se reapresentar, devido a um parente próximo estar passando por uma enfermidade.

Por outro lado, o Blog apurou que entre Ceará, empresário do jogador e Lima já está tudo certo para uma renovação de contrato. O entrave é com o Grêmio. O time gaúcho espera uma definição da comissão técnica liderada por Renato Gaúcho para definir se aceita a proposta do Ceará ou se vai contar com o atleta para 2021.

Lima tem 24 anos e chegou pela primeira vez ao Ceará, em 2017, quando ainda era da base do Grêmio. Despontou no time alvinegro e foi um dos destaques na campanha do acesso à Série A do Brasileiro naquela temporada.

No ano seguinte, o Grêmio pediu de volta o jogador e depois o emprestou para o Al Wasl, dos Emirados Árabes. Em julho de 2019, Lima voltou ao Brasil e foi emprestado ao Ceará novamente até o fim daquele ano.

No início de 2020, o Ceará acertou a renovação. Na negociação, a diretoria alvinegra fez uma permuta com o Grêmio, cedeu uma promessa da sua base (com direitos econômicos atrelados) e com isso, os salários de Lima foram pagos integralmente pelo clube gaúcho.

Agora, é saber se o Tricolor gaúcho vai aceitar a proposta e assim, Lima continuará pelo terceiro ano seguido, quatro no total, vestindo a camisa alvinegra.

📸 Xandy Rodrigues