Nesta sexta-feira, 09, às 13h (de Brasília), em Luque, no Paraguai, na sede da Conmebol, acontece o sorteio dos grupos da Copa Sul-Americana. O Ceará está na disputa e vai participar da competição, 10 anos depois.

Só que dessa vez, com a mudança no regulamento para essa edição, a Sula vai apresentar um formato semelhante ao da Libertadores, com os 32 clubes divididos em oito grupos com 4 equipes.

O regulamento da Sul-Americana também apresenta algumas “excentricidades”, ou melhor, peculiaridades impostas pela Conmebol, que também estende para as outras competições, como a própria Libertadores.

Para os alvinegros, o torneio continental vai começar pra valer nesta sexta-feira, ao saber quais serão os adversários. Então, é bom saber também as regras da Copa Sul-Americana. Uma bem interessante é do envio dos dados dos atletas que vão participar da competição: peso, altura, posição, nome completo, nome que estará na camisa, cidade e país de nascimento, número do passaporte, número do documento de identidade (para brasileiro é o CPF – nada de RG ou CNH) e a foto precisa ter o fundo branco, com ombros retos e sorrindo).

Outra regra interessante é da multa econômica por receber cartões. Na primeira fase, se algum jogador do Ceará tomar um cartão amarelo, vai pagar 500 dólares, algo em torno de R$ 2,5 mil. Se levar um cartão vermelho, vai desembolsar 1,5 mil dólares, cerca de R$ 7 mil.

Mais uma regra que mexe diretamente no bolso do clube é a das despesas. Todos os custos são de responsabilidade e de pagamento da agremiação: transporte aéreo, transporte terrestre, hospedagem, alimentação, despesas médicas, seguro, uniformes, impostos etc. Somente na final, é que a Conmebol assume os gastos.

Para participar da Copa Sul-Americana não basta apenas ficar entre o 9º e o 14º do Campeonato Brasileiro da Série A do ano anterior, precisa pagar 5 mil dólares (mais de R$ 25 mil). Mas o torneio também tem seus benefícios.

Na fase de Grupos, cada clube recebe 300 mil dólares por partida como mandante, mais de R$ 1,5 milhão. Como são 3 partidas, o valor total chega próximo dos R$ 5 milhões.

Outro detalhe é o das entrevistas. Seja em zona mista ou em coletiva, com 48 horas de antecedência, é obrigatório o uso do backdrop com os patrocinadores do torneio. A multa por descumprimento pode chegar a 50 mil dólares (mais de R$ 250 mil).

Essas e todas as outras regras do regulamento da Copa Sul-Americana você pode conferir abaixo. Infelizmente, a Conmebol, não disponibilizou em português, apenas em espanhol.

📸 Divulgação/Conmebol