Ferrão na Copa do Brasil

Mais do que um simples jogo, o Ferroviário duela hoje, 19h (com Sportv), contra o América/MG, em Belo Horizonte, em busca de salvar o primeiro semestre. Com o Estadual parado, sem receita e sem público nos estádios, a diretoria coral vê essa partida pela Copa do Brasil como a maior oportunidade do clube para sustentar elenco e comissão técnica. Lembrando que ainda faltam mais de 40 dias para o início da Série C do Brasileiro.

Papão em Fortaleza

Muito legal a homenagem que o Paysandu fez nas redes sociais ao aniversário da Capital cearense. Em Fortaleza, o Papão da Curuzu conquistou a Copa dos Campeões em 2002 e teve a oportunidade de disputar a Libertadores, onde fez sucesso com Iarley e o famoso triunfo na Bombonera. Saudações os irmãos paraenses, que sempre são bem vindos à Terra do Sol.

Patrocinador ativado

Na entrevista coletiva do zagueiro Luiz Otávio, a marca da Naturágua, novo patrocinador do Ceará, apareceu no backdrops. A coluna havia alertado aqui que nas últimas coletivas a logo do parceiro não aparecera. O curioso é que durante a coletiva, transmitida pelo canal do clube no Youtube, Vozão TV, houve uma falha no equipamento digital, as marcas dos patrocinadores desapareceram, foi necessário colocar um calhau (imagem alternativa) até que tudo voltasse ao normal.

Retorno do Campeonato Estadual

A Federação Cearense de Futebol não deve mais dar os 15 dias de preparação para os clubes, assim que o Governo do Estado permitir o retorno do Campeonato Estadual. Segundo o competente repórter Toni Mota, da Rádio Assunção, a ideia da FCF é pedir aos clubes, que se desfizeram de boa parte do elenco, para voltarem às atividades. Com isso, assim que a competição for liberada, a intenção é começar logo em seguida. Com poucas datas livres, a Casa do Futebol não quer dar chance para poder iniciar o Cearense e os times não estarem preparados. O planejamento é para que o Campeonato possa recomeçar até a última semana de abril.

Titi no Fortaleza

Fim da Novela. Enfim, o zagueiro Titi (foto) conseguiu deixar o Gotzepe, da Turquia. O jogador rescindiu o vínculo com o clube europeu, de forma unilateral, e deverá ser apresentado de oficialmente como o mais novo reforço do Fortaleza para temporada 2021. Titi assinara um pré-contrato com o Tricolor e agora chega ao Pici para assinar em definitivo.

Corrida contra o tempo

Por outro lado, depois do esforço de Titi em rescindir contrato e deixar a equipe turca, agora é a vez da diretoria do Fortaleza trabalhar dobrado para tentar inscrever o jogador. As inscrições de novos atletas na Copa do Nordeste se encerram nesta sexta-feira, dia 16. Como é uma transferência internacional, existe aquela burocracia tradicional, mas o clube leonino vai agilizar todo o processo para contar com o defensor, de 33 anos.

Inocência

Por falar em defensor tricolor, o zagueiro Marcelo Benevenuto foi apresentado de forma oficial nessa terça-feira, 13, e participou de uma entrevista coletiva guiada. O jogador foi indagado sobre o processo de agressão à ex-namorada, em 2017, e voltou a afirmar que é inocente, que foi provado na justiça e que mesmo com essa nova tentativa de reabrir o processo, o resultado não será diferente. Aliás, a coletiva foi muito boa, principalmente no momento em que ele fala sobre a adaptação ao Fortaleza. Confira abaixo.

Polêmica das vacinas

O anúncio da Conmebol de que recebeu 50 mil doses da Vacina Coronavac, da própria fabricante chinesa Sinovac, e vai imunizar jogadores que disputam os torneios masculinos e feminino da entidade, foi duramente criticado por jornalistas e dirigentes. O presidente do Santos, Andrés Rueda, que se classificou para a fase de Grupos da Libertadores, disse que a atitude é desumana e que as vacinas deveriam ser usadas nas pessoas que mais precisam.

Polêmica das vacinas II

Em compensação, o Presidente do Athletico, Celso Petraglia, aprovou a medida e a chance de que os jogadores do Furacão sejam vacinados através da Conmebol. O clube paranaense, inclusive, já havia manifestado interesse em fazer parte de um grupo de empresas privadas para a aquisição das vacinas. Vale lembrar que a CBF também manifestou interesse em comprar vacinas para imunizar os jogadores do futebol brasileiro.

📸 Reprodução/Instagram

Coluna “Partículas Atômicas do Blog” Nº 4