O novo treinador do Fortaleza, Juan Pablo Vojvoda, chega à Capital cearense neste domingo, começará os trabalhos na segunda-feira no Centro de Excelência Alcides Santos, no Pici, e terá muitos desafios pela frente.

Além do tão sonhado jogo pra frente, com toque de bola, sempre buscando gol, o argentino já sabe que precisará reforçar o elenco tricolor e ganhar o campeonato cearense, meta tida como obrigação para a diretoria do Fortaleza.

As conversas sobre contratações, inclusive, já foram iniciadas. Mas o treinador vai precisar avaliar o elenco. Neste momento, o grupo tricolor é formado por 36 atletas: 9 atacantes, 6 volantes, 5 meias, 5 laterais, 7 zagueiros e 4 goleiros.

O presidente Marcelo Paz já falou que o elenco está volumoso, que ainda precisa contratar outro centroavante (camisa 9) e que vai sair, sim, atletas, com a chegada de novas contratações.

Quando assumiu o La Calera, onde levou o modesto time chileno ao inédito vice-campeonato nacional e a disputar a Libertadores, Vojvoda foi ao mercado e reforçou o elenco com 8 contratações: os atacante Andrés Vilches (Colo Colo), Jeisson Vargas (Universidad de Concepción) e Pedro Sánchez (Everton), o meia Fernando Cordero (Universidad de Concepción), o zagueiro Santiago García (Tolouca), o lateral Rodrigo González (Unión Española) e o goleiro Miguel Vargas (Cobresal).

O primeiro desafio do novo treinador tricolor será na próxima quarta-feira, diante do Crato, às 21h45, no Estádio Raimundo Oliveira, em Caucaia, pela 5ª Rodada do Campeonato Cearense. E já no sábado seguinte, também pelo Estadual, terá um Clássico-Rei pela frente, na Arena Castelão.

📸 Agência Uno

📸 Leonardo Moreira/FortalezaEC