O cenário não é dos melhores. São 5 desfalques (4 titulares absolutos), contra um adversário direto na luta por vaga na Libertadores, na casa dele, que estará completamente lotada. Porém, não será a primeira vez que o Fortaleza passar por dificuldades neste Brasileirão.

O duelo contra o Corinthians, neste sábado, às 17h, na Neo Química Arena (com transmissão do Premiere), é mais um entre tantos em que este time do Fortaleza já foi colocado à prova para mostrar a força e principalmente o motivo de estar entre os melhores do Campeonato.

“Precisamos seguir trabalhando, seguir confiando, agora mais que nunca, nos nossos jogadores. Eu confio nos meus jogadores, os jogadores confiam nos seus companheiros, no clube, na diretoria. Todos que trabalhamos no dia a dia para fazer um melhor clube e um melhor time. Precisamos de todos, principalmente da torcida”, declarou o técnico Juan Pablo Vojvoda.

Os triunfos longe de casa contra o líder Atlético/MG, diante do vice-líder Palmeiras e mais recentemente contra Fluminense e Sport, mostram que o Fortaleza não se esconde no campo adversário e vai lutar por mais uma vitória para retornar ao G4.

Os desfalques, contudo, são o grande problema para o treinador tricolor. O zagueiro Titi e os volantes Matheus Jussa e Éderson estão suspensos. Além disso, os alas Pikachu e Lucas Crispim seguem machucados. Por isso, a escalação leonina deve ter novamente surpresas.

O lateral Daniel Guedes pode ganhar uma chance. Assim como o zagueiro Jackson ou até o jovem defensor João Paulo, que esteve no banco de reservas na última partida diante do América/MG. Em compensação, Boeck, Tinga, Benevenuto, Bruno Melo, Ronald, Felipe, Lucas Lima e David são presenças certas. O restante da escalação, somente 1 hora antes da bola rolar.

Com 48 pontos ganhos, o Fortaleza pode ficar ainda mais perto da tão sonhada classificação à Copa Libertadores, caso vença o Corinthians. Além de voltar ao G4, chegar aos 51 pontos, o Tricolor ainda afasta o rival de encostar no pelotão da frente, já que tem 41 pontos.

“Vamos nos dedicar ao máximo, temos nove finais e vamos pensar jogo a jogo. Contra o Corinthians, vai ser um jogo decisivo para as duas equipes, eles vão buscar ganhar em casa, com a torcida. É difícil, mas é o nosso jogo, vamos ter espaços para jogar e concluir gols. Vamos nos preparar para fazer um grande jogo”, declarou o lateral/zagueiro capitão Tinga.

📸Kely Pereira/AGIF/CBF