Há 30 dias, em 14 de dezembro, em entrevista coletiva na sede do clube, o Presidente do Ceará, Robinson de Castro, afirmou que projetava contratar de 6 a 8 reforços para a temporada 2022. 1 mês depois, a meta está próxima, o clube trouxe 7 reforços.

Faltando pouco mais de 15 dias para a estreia na Copa do Nordeste, o time enfrenta o Sergipe, fora de casa, em 29 de janeiro, a situação está assim.

“Se você me perguntar qual é a prioridade pra hoje, pra ontem, aqui no Ceará, eu digo a você que é trazer um zagueiro. Estamos atrás e queremos fechar aquela ideia inicial de 8 contratações. Eu vou atender ao que a nossa comissão técnica pediu. Os reforços estão aí, trouxemos 7, mas ainda vamos contratar 1 zagueiro”, declarou o mandatário alvinegro, que completou.

“Agora, se aparecer algo bom, se houver oportunidade de mercado, o que tenho certeza que você está percebendo que não está fácil, podemos trazer outro atacante, mas não é nossa prioridade. É o que lhe disse antes, Kempes, estamos buscando um zagueiro. Ponto. Se aparecer outra coisa é uma oportunidade“, finalizou.

O elenco do Ceará conta com apenas 4 zagueiros: Messias, Luiz Otávio, Gabriel Lacerda e Marcos Vítor, este último agregado da base. Dos 7 reforços, 3 foram laterais (Nino Paraíba, Michel Macedo e Victor Luís) 2 volantes (Richard e Richardson) e 2 atacantes (Iury Castilho e Zé Roberto).

No total, neste momento, o técnico Tiago Nunes tem à disposição 31 jogadores:

Goleiros: Richard, João Ricardo, André Luiz e Vinícius Machado.
Laterais: Nino Paraíba, Michel Macedo, Victor Luís, Buiú, Bruno Pacheco e Kelvyn.
Zagueiros: Gabriel Lacerda, Luiz Otávio, Marcos Vitor e Messias.
Volantes: Fernando Sobral, Geovane, Marlon, Richard, Richardson e William Oliveira.
Meias: Léo Rafael, Lima e Vina.
Atacantes: Cléber, Erick, Gabriel Santos, Iury Castilho, Jacaré, Jael, Mendoza e Zé Roberto

📸Felipe Santos/CearáSC