Um pequeno descuido, já aos 46min do 2º tempo. Uma falta sem necessidade do volante Ronald, que havia acabado de entrar, fez com que o Sport pudesse levantar a bola na área. E num vacilo da defesa, o atacante Bill ficou livre sem marcação para empatar o jogo ganho.

O empate por 1×1, na Arena Pernambuco pode até ser visto com sabor de derrota. Afinal, o golaço de Zé Welison na 2ª etapa e a forma de atuar do time do Fortaleza encurralaram o Sport, que parecia até conformado com o revés. No entanto, a igualdade deu sobrevida aos pernambucanos.

Mas essa sobrevida vai passar muito pelo o que o Fortaleza irá escalar no jogo de volta, domingo, às 18h30, na Arena Castelão (com mais de 60 mil torcedores) e transmissão do SBT, ESPN e Nordeste FC.

É claro que as ausências de Tinga, Marcelo Benevenuto e Lucas Crispim tiram um pouco o impacto de um time vistoso e intenso, que gosta de atacar, mas se acrescentarmos a não escalação de Moisés, claramente, é possível perder e muito o poder no ataque.

Depois de um 1º tempo sem grandes chances (apenas 1 pra cada equipe) com um volume maior do Sport, nos 20min iniciais, o Fortaleza equilibrou e passou a ter mais as ações no campo, mas sem aquela volúpia (que palavra!) conhecida.

A 2ª etapa começou e o roteiro parecia o mesmo, pelo menos até os 20min, quando, enfim, Vojvoda percebeu que tinha no banco 2 excelentes atacantes, Moisés e Silvio Romero. O brasileiro mudou a forma do time tricolor jogar e em menos de 5min já havia criado mais chances e mais jogadas, que Robson e Kayzer durante os 70min que firam em campo.

O gol de Zé Welison foi apenas a coroação da boa atuação do time a partir da entrada do camisa 21 tricolor, que incendiou o jogo. Porém, o vacilo no final, deu uma frustração, tirou uma das mãos do Leão do Pici da Taça de Campeão.

Só que também serviu de alerta para não haver um vacilo desses no jogo de volta. E se Vojvoda entrar com Moisés de titular, Benevenuto, Crispim e Tinga voltarem é possível que o bicampeonato invicto seja celebrado como os tricolores gostam.

📸Reprodução/Twitter/Copa do Nordeste