A FCF deve anunciar em breve o adiamento da 1ª partida da decisão do Campeonato Cearense entre Caucaia x Fortaleza, que estava marcada para o próximo domingo, dia 10, na Arena Castelão. No mesmo dia vai acontecer o duelo Fortaleza x Cuiabá, pela 1ª Rodada do Brasileirão.

A informação foi divulgada inicialmente pelo repórter Brenno Rebouças, do jornal O Povo.

O Blog, contudo, conseguiu apurar o motivos e a situação ultrapassa a esfera estadual. O departamento de competições da CBF teve de manter a data da 1ª Rodada da Série A do Brasileiro para cumprir uma promessa de campanha do Presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues.

O novo mandatário do futebol brasileiro, eleito há 2 semanas, garantiu aos clubes, que cedem jogadores à Seleção Brasileira (Flamengo, Palmeiras e Atlético/MG) que não iria agendar partidas da Série A nas “Datas FIFA”.

A FCF tinha essas datas como trunfo para o Fortaleza disputar os jogos adiados do Brasileirão, devido às finais do Campeonato Cearense (10 e 23 de abril). Para se ter uma ideia, a próxima “Data Fifa” está marcada somente para o começo de junho.

No entanto, a CBF espera que a FCF marque as finais do Campeonato Estadual para esse período, no entanto, não existe a menor condição de o Caucaia esperar quase 60 dias sem partidas oficiais para disputar a decisão.

A Federação, agora, busca alternativas para solucionar o imbróglio. De acordo com o que o Blog apurou, há um movimento dentro da própria CBF para que a situação seja resolvida sem causar prejuízos aos clubes (Fortaleza e Caucaia) e sem precisar que outros clubes da Série A sofram com o calendário apertado.

Alguns clubes, inclusive, não colocaram objeção em poder atuar durante a “Data Fifa”. Agora, dirigentes dos times cearenses, da FCF e da CBF vão se reunir em breve para definirem as datas da decisão. A principio, o 2º jogo da Final (que deverá ser o 1º com o mando do Caucaia) está mantido para 23 de abril. Nesse dia, o Fortaleza enfrenta o Ceará pelo Brasileirão, e há um consenso entre os dois rivais que a partida possa ser, sim, realizada em outra data.

📸Pedro Chaves/FCF