Foto: Stephan Eilert / Ceará SC

O Ceará enfrentou o Tombense para sacramentar um classificação às oitavas de final da Copa do Brasil. Depois da vitória na ida, por 2×0, o duelo de volta nesta noite de quarta-feira, na Arena Castelão, só comprovou a superioridade alvinegra diante do time mineiro ao ganhar outra vez por 2×0.

E olhe que o técnico Dorival Júnior não pôde contar com 9 atletas: Messias (suspenso). Matheus Peixoto, Luiz Otávio, Richardson, Buiu, e Jael (em transição). Fernando Sobral, Richard e Leo Rafael (machucados), além da estrela do time Vina, poupado, que ficou no banco de reservas, mas não entrou.

O Tombense, também recheado de desfalques, ainda teve o goleiro Rafael Santos se machucando no aquecimento, e jogou totalmente recuado (mesmo precisando vencer por 2 gols de diferença para levar pros pênaltis) tentando explorar os contra-ataques, mas sem muita objetividade.

Por isso, a equipe mineira foi presa fácil na primeira etapa. Com domínio total, o Ceará teve pelo menos 3 ótimas chances para abrir o placar, mas só aconteceu aos 33min em ótima assistência de Mendoza para Lima, que bateu forte sem chances para o goleiro. Curiosamente 2 titulares da equipe em campo.

Aliás, além da dupla de ataque, o goleiro João Ricardo, o lateral Nino Paraíba, o zagueiro Gabriel Lacerda e o volante Rodrigo Lindoso foram os outros atletas considerados titulares que atuaram.

Na 2ª etapa, Dorival Júnior poupou Lima e Mendoza, retirou a dupla e colocou Iury Castilho e Geovane em campo, além das entradas de Dentinho, Marcos Victor e David Ricardo. O jogo caiu muito de produção e o Tombense até se engraçou, mas com qualidade técnica bem limitada pouco chegou ao gol de João Ricardo.

Na reta final, Iury Castilho deu uma excelente assistência para o lateral Nino Paraíba fazer um belo gol com toquinho tirando do goleiro e fechar o placar.

Com a classificação, o Vozão fatura mais R$ 3 milhões para disputar a 4ª Fase. O clube alvinegro já soma R$ 7,6 milhões só de premiação na Copa do Brasil. Antes já havia faturado na 1ª Fase: R$ 1,27 milhão, 2ª Fase: R$ 1,5 milhão e 3ª Fase: R$ 1,9 milhão.

Foto: Reprodução/Sportv

Os duelos das oitavas de final da Copa do Brasil serão definidos em sorteio, mas a CBF ainda não definiu a data. As partidas estão previstas para os dias 22/06 e 13/07.

O Ceará agora volta às atenções para o Brasileirão, onde está em 17º lugar com 3 pontos ganhos em 4 jogos. No próximo sábado, encara o Flamengo, às 16h30, na Arena Castelão.