Foto: Israel Simonton/Ceará SC

Há cerca de 3 meses, em entrevista ao canal do Blog, no Youtube, o Presidente do Ceará, Robinson de Castro, afirmou que o meia-atacante Thiago Galhardo sempre demonstrou interesse em voltar a vestir a camisa alvinegra.

Robinson, inclusive, falou que conversava de vez em quando com o atleta, que sempre frisava o desejo de retornar a Porangabuçu. Ao terminar o vínculo com o Celta, de Vigo, Thiago Galhardo voltou para o Internacional, onde tem contrato até o final desta temporada.

Nesta segunda-feira, Robinson de Castro e o empresário do atleta, Flávio Trivella, negaram qualquer tipo de negociação. Claro que pode ser apenas “charme” dos dois, é possível que ambos já tenham conversado e até apalavrado. No entanto, falta um pequeno detalhe nessa transferência: o Internacional.

O clube colorado, comandando por Mano Menezes, está nas oitavas de final da Sul-Americana e, assim como o Ceará, não disputa o título do Brasileirão. Dessa forma, Ceará e Internacional são concorrentes direto nessas 2 competições.

Ou seja, seria interessante para o Inter liberar (rescindir contrato com) o atleta para um clube concorrente? Mesmo assim, há ainda outro ponto. À direção do clube, o técnico Mano Menezes já afirmou que deseja contar com Galhardo. Só que se ficar, a tendência é renovar o vínculo. E aí começa outra novela para saber tempo e valores do novo contrato.

Galhardo completa 33 anos em julho e por isso uma possível renovação não deve ser acima de 12 meses e os salários não devem ultrapassar os vencimentos atuais (algo em torno de R$ 450 mil).

Vale lembrar, contudo, que a janela de transferências só abre a partir de 18 de julho. Ou seja, faltam ainda quase 50 dias e até lá muita coisa pode mudar. Enquanto isso, o Ceará está de braços abertos para receber novamente o ex-camisa 89 alvinegro.