O Fortaleza foi julgado nesta terça-feira, 14, pela 2ª Comissão Disciplinar do STJD. O clube tricolor foi denunciado pela procuradoria do Tribunal, devido a uma garrafa de água arremessada e que acertou o peito do árbitro Anderson Daronco na partida contra o Fluminense, no último dia 22 de maio.

Por maioria de votos, os auditores resolveram multar o Fortaleza em R$ 8 mil. O clube leonino corria o risco de levar uma pena de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais).  A defesa tricolor foi realizada pela advogada Dra. Patrícia Moreira.

O motivo do julgamento foi devido ao relato do árbitro Anderson Daronco na súmula da partida.

O elenco do Fortaleza realizou treinamento na manhã desta terça-feira, 14, no Centro de Excelência Alcides Santos, e no início da tarde a delegação tricolor viajou à Santa Catarina, onde vai enfrentar o Avaí, na Ressacada, às 19h, na Ressacada, pela 12ª Rodada do Brasileirão.