Foto: Mário Kempes/Blog do Kempes

Aos poucos os planos de sócios torcedores estão se consolidando no futebol cearense. Com isso, a venda de ingressos segue reduzindo bastante. A maior prova foram as mais de 26 mil pessoas presentes na Arena Castelão na noite dessa quarta-feira que acompanharam o empate sem gols entre Ceará e Atlético/MG pela 12ª Rodada do Brasileirão.

Dos 26.774 torcedores, apenas 3.955 pagaram ingressos (319 foram da torcida do Galo). Enquanto isso, mais de 20 mil sócios do Vozão compareceram. Houve ainda 2.282 cortesias e 8 gratuidades. A renda foi de R$ 244.401,00.

Foi o 2º maior número de associados presentes em jogos do Ceará neste Brasileirão. O recorde, até aqui, é o do empate por 2×2 contra o Flamengo, quando 22.077 sócios estiveram presentes. Com os números diante do Atlético, o Vovô superou a média de 20 mil sócios por partida.

Em 12 rodadas neste Campeonato Brasileiro, o Ceará atuou 5 vezes como mandante (no Clássico-Rei contra o Fortaleza foi visitante), com um total de 100.290 sócios o que proporciona uma média de 20.058 associados por jogo. Além disso, um total de 163.460 pessoas acompanharam os duelos o que dá uma média de 32.692 torcedores por confronto.

Foto: Pedro Chaves/FCF

Confira abaixo o público pagante, a renda e o número de sócios em cada jogo do Ceará como mandante neste Brasileirão:

Ceará 1×3 Botafogo
Público Pagante: 33.734
Renda: R$ 430.765,00
Sócios: 20.162

Ceará 0x1 Red Bull
Público Pagante: 23.211
Renda: R$ 225.633,00
Sócios: 17.047

Ceará 2×2 Flamengo
Público Pagante: 52.139
Renda: R$ 2.446.271,00
Sócios: 22.077

Ceará 1×1 Coritiba
Público Pagante: 27.602
Renda: R$ 279.859,00
Sócios: 20.445

Ceará 0x1 Atlético/MG
Público Pagante: 26.774
Renda: R$ 244.401,00
Sócios: 20.559