Foto: Lenilson Santos/Ferroviário AC

O momento em campo é um dos piores na temporada, o Ferroviário tem apenas 12 pontos em 12 jogos disputados na Série C do Brasileiro (está em 15º lugar), mesma pontuação do Campinense, 1º time na zona de rebaixamento.

Se isso não fosse o bastante para deixar os corais em estado de alerta, a situação se torna ainda mais complicada com a renúncia do presidente do clube, Newton Filho, e do investidor/diretor de futebol, Arthur Boin.

O anúncio feito no início da tarde desta sexta-feira chega como uma avalanche dentro do clube. A delegação coral está no Amazonas para enfrentar o Manaus, neste sábado, às 17h, pela 13ª Rodada do Campeonato Brasileiro.

A principio, o vice, Francisco Barros Machado Neto, assume a presidência para a continuidade da gestão. No entanto, os ânimos estão fervendo na Barra do Ceará. A saída de Newton foi causada entre outros fatores devido à pressão enorme e muito forte da torcida no último jogo, no PV, diante do Floresta.

O Ferroviário perdeu por 2×0, mas desde o início da partida, a torcida já fazia protestos contra o ex-presidente e a diretoria do clube. Confira abaixo o pronunciamento de Newton Filho: