Promessa da base, convocado para a Seleção Brasileira Sub-17, o atacante João Victor não é mais relacionado para os jogos do Ceará. Inclusive foi retirado do elenco dos profissionais no site do clube. Enquanto o zagueiro Marcos Victor, um dos destaques do time e até titular com ex-treinador Dorival Júnior, treina, mas não vai nem no banco para as partidas da equipe alvinegra.

Muitos torcedores, nas redes sociais, ficaram sem entender o motivo da ausência dos dois jovens valores e fizeram esse questionamento. Em entrevista ao site Meu Vozão, o presidente do Ceará, Robinson de Castro, explicou a situação de cada um:

“Marcos Victor já está no BID há semanas, conseguimos liberação da CBF. Pode ser utilizado a qualquer momento”, revelou o mandatário alvinegro.

Ou seja, Marcos Victor não é relacionado por opção do técnico Marquinhos Santos. A última vez em que atuou foi na vitória do Ceará por 1×0 sobre o Fortaleza, em junho, pela 3ª Rodada do Brasileirão. Enquanto a última vez no banco de reservas foi diante do Internacional, no empate por 1×1, há 3 semanas, também pelo Brasileirão.

Vale lembrar que a diretoria do Ceará pagou recentemente R$ 200 mil ao Floresta e adquiriu os direitos do jovem zagueiro alvinegro, de apenas 20 anos.

Já o atacante João Victor, a última partida aconteceu no empate por 1×1 contra o Inter, quando entrou nos acréscimos no lugar de Lima. Robinson de Castro explicou:

“Ele sempre teve problemas de lesões, problemas orgânicos. então, vai passar esse mês fazendo tratamento físico. Mas está à disposição do clube, pode jogar pelo Sub-20 e pelo professional”, finalizou o presidente alvinegro ao site.

📸Pedro Chaves/FCF
📸Sílvio Carvalho Marques Júnior/Arena Castelão