Foto: Davi Rocha/Pera Photo Press

Contratação mais cara da história do futebol cearense e consequentemente o maior investimento de todos os tempos do Ceará, o meio-campista Guilherme Castilho não vem sendo mais aproveitado pelo técnico Juca Antonello.

Nas últimas duas partidas comandas pelo novo treinador alvinegro, Castilho até foi relacionado, mas mesmo com o Ceará precisando da vitória, o atleta foi deixado de lado e preterido por outras peças como o volante Geovane e os atacantes Iury e Jhon Vásquez.

Na entrevista coletiva, após a derrota por 1×0 para o Corinthians, questionei Juca sobre o motivo da ausência de Guilherme, mas o treinador divagou e não explicou.

Guilherme foi autor de um dos gols da última vitória do Ceará no Brasileirão, diante do Santos por 2×1, quando a equipe ainda era treinada por Lucho González. No entanto, depois do empate por 0x0 contra o Atlético/MG, o meia virou reserva e entrou no decorrer dos jogos contra Cuiabá, Atlético/GO e Internacional.

O Ceará volta a campo na próxima quarta-feira, 9, diante do Avaí, às 19h, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis. O Vovô precisa vencer para não ser rebaixado. Se perder ou empatar irá disputar a Série B do Brasileiro em 2023.

Confira abaixo a coletiva completa do técnico Juca Antonello: