Time tricolor teve a estreia do volante Pedro Augusto. Foto: Matheus Amorim/FEC

Eram 3 incômodas derrotas pelo Brasileirão para Cuiabá, Palmeiras e Red Bull, o pior momento do Fortaleza na temporada. No entanto, a vitória por 1×0 em cima do Libertad, no Paraguai, no duelo de ida das oitavas de final da Sul-Americana, deve ajudar o elenco a retomar a confiança.

O triunfo em Assunção mostra a força do elenco, que teve 6 alterações em relação à última partida. Tinga, Brítez, Zé Welison, Pedro Augusto, Pikachu e Guilherme foram titulares diante dos paraguaios.

Marinho, uma das principais contratações do clube, nem sequer entrou. Enquanto Galhardo, Machuca, Pochettino e Caleb só participaram do jogo na etapa final.

Agora, o Tricolor volta a pensar na Série A, onde precisa somar pontos para não se distanciar do G6. A tendência é Vojvoda novamente fazer mais alterações. O time leonino está em 11º lugar com 23 pontos a 5 do 6º colocado (Red Bull).

Próximo sábado, às 18h30, em Goiânia, o adversário é o Goiás, que não perde há 3 rodadas no Brasileirão e joga amanhã, na Argentina, contra o Estudiantes, pela Sul-Americana.

O elenco do Fortaleza vai treinar em Assunção na quarta à tarde e na quinta-feira pela manhã. No mesmo dia, no início da noite viaja em voo fretado ao Centro-Oeste, onde na sexta-feira, faz o treino de apronto na Capital goiana.