Com o título de “A melhor notícia para a família do futebol sul-americano”, a Conmebol anunciou nesta terça-feira, 13, que fechou acordo com a Sinovac Biotech Ltda. A empresa chinesa entregará à entidade, em caráter de doação, um total de 50.000 doses de sua vacina contra a COVID-19.

O acordo só foi possível graças à ação do governo uruguaio, à frente com o Presidente do País, Luis Alberto Lacalle Pou, ministros de estado e também do presidente da Associação de Futebol do Uruguai, Ignacio Alonso.

Segundo o comunicado da Conmebol, “A imunização terá como foco os principais times do futebol profissional sul-americano de primeira categoria, torneios masculino e feminino”.

Com isso, os jogadores, que irão participar da Copa América, em junho, e os atletas dos clubes brasileiros, que disputam a Copa Libertadores e a Copa Sul-Americana, podem ser beneficiados. O Ceará é um deles. O time alvinegro estreia na Sula na próxima semana, dia 20, no Castelão, contra o Jorge Wilsterman, da Bolívia.

Os detalhes logísticos e operacionais do processo de vacinação serão devidamente informados pela Conmebol, em coordenação com as Associações de futebol de cada País.

Confira aqui o comunicado.

📸 Divulgação/Conmebol