O Fortaleza lançou nesta terça-feira, 16, a própria operadora de celular. Com planos pré-pagos e sem exigir fidelidade dos consumidores, a “Alô Leão” já está funcionando de forma oficial, através do site oficial. O grande diferencial será a proximidade do clube com o torcedor.

Sem contrato e sem burocracia, a Alô Leão oferece diversos planos pré-pagos que vão de R$ 25 a R$ 75. A operadora Tricolor é uma parceria do clube com a Dry Company, operadora virtual da Surf Telecom, agregadora de operadoras virtuais que usa a infraestrutura da TIM no Brasil para tráfego de voz e dados.

A Dry foi criada no final de 2019. A primeira experiência foi justamente com um time de futebol, o São Paulo, com o lançamento da SPFC Chip. Atualmente, a empresa é líder no segmento do futebol. Já são 800 mil chips ativos em todo o País em 72 operadoras virtuais vinculadas a clubes, escolas de samba e varejistas.

“O chip, em si, é um produto pouco convencional no mercado de Licenciamento. A gente procura sempre expandir trazendo novas parcerias e que surpreendam o nosso torcedor. Este contrato é de muito interesse. a Dry Company é uma empresa muito grande e a gente pensa em expandir esse relacionamento. Temos um grande mix por parte de loja e estamos buscando aumentar também o varejo. Sobre o licenciamento, ele pode entrar em qualquer produto. A gente está sempre prospectando e aguardando propostas de empresas”, declarou o gerente de licenciamento do Fortaleza, Renan Menezes.

Inicialmente, as vendas e as recargas serão feitas apenas pelo site da operadora Alô Leão, a venda na loja será realizada após a gestão das mesmas efetuarem a compra. O Fortaleza irá receber um valor médio em torno de 10% da receita com a comercialização dos chips e das recargas.

Para mais informações, o torcedor tricolor ou consumidor de celular pode acessar o site da operadora do Fortaleza.