A derrota para o Flamengo por 2×1, nesta quarta-feira, no Maracanã, e a consequente perda da invencibilidade, não conseguiram tirar do sério o técnico do Fortaleza, Juan Pablo Vojvoda. Pelo contrário, de maneira sóbria, o treinador argentino reconheceu as falhas e se responsabilizou pelo péssimo primeiro tempo apresentado.

“Acredito que fizemos uma primeiro tempo muito ruim. Não soubemos sustentar nosso jogo. No segundo tempo, se viu um time como o Fortaleza, que estamos acostumados. Um time intenso, um time agressivo, que quis empatar a partida, mas é seguir trabalhando”, resumiu Vojvoda após a primeira indagação, mas depois completou.

“Falhamos muito no início. Nossa intensidade, não foi boa. E sem intensidade é uma equipe regular. Com nossa intensidade, nossa dinâmica, somos uma equipe competitiva. O Flamengo dominou a posse de bola no primeiro tempo. Criou situações de gol. O Fortaleza não encontrava caminho para resolver essa situação. Só tivemos uma chance de gol com Pikachu. No segundo tempo, fomos diferente. Fomos mais intenso. Buscou o gol desde o primeiro minuto e conseguiu. Seguimos em busca do segundo gol e deixamos espaço. O Flamengo, que tem uma equipe muito importante, com espaço é muito difícil. Mas pudemos jogar de igual para igual e isso foi muito importante”, falou o comandante leonino, que depois admitiu a responsabilidade pelo mau primeiro tempo.

O Fortaleza segue longe de casa e agora viaja para o Rio Grande do Sul, onde volta a campo no próximo domingo, às 20h, diante do Grêmio, em Porto Alegre (com transmissão do Canal Premiere).

Confira abaixo a entrevista coletiva na íntegra de Juan Pablo Vojvoda.