“Nosso ataque. Nossa equipe em geral não teve bem. Teve muita dificuldade em romper as linhas para jogar perante o América em cima dessa marcação que ele fizeram […] Se não foi a pior, está entra a piores partidas (que o Ceará fez na competição)”. Essas foram algumas das palavras do técnico Guto Ferreira, em entrevista coletiva, após a derrota por 2×0 para o América/MG, neste domingo, em Belo Horizonte.

O treinador alvinegro reconheceu e visivelmente estava abatido com a atuação do time, que vai terminar o 1º Turno do Campeonato Brasileiro sem vencer nenhuma partida fora de casa. Guto falou mais sobre esse revés.

Nós tivemos uma marcação por parte do América muito bem feita, alta, forte. O que nos causou muita dificuldade. Tanto na nossa saída de bola, quanto no meio, quando a gente buscava conexões para jogadas mais agressivas. Isso gerou muitos erros nossos. Erros de passe. E numa saída de bolas deles, onde o terceiro zagueiro, que fazia volante e zagueiro, carregou, achou um passe entrelinhas eles acabaram fazendo gol, que trouxe mais tranquilidade para eles e mais confiança para seguir marcando dessa maneira. O que nos dificultou demais. Nós até fizemos um gol, mas que foi anulado. Numa bola parada. Mas eu acredito que foi, talvez, o único lance do 1º tempo, se não foi do jogo em que a gente tenha conseguido concluir com alguma qualidade no jogo”. Concluiu.

Devido ao adiamento do duelo contra o Palmeiras, pela 19ª Rodada, o Ceará só volta a campo agora no próximo dia 12 de setembro, domingo, novamente às 11h, diante do Grêmio em Porto Alegre. Com isso, o elenco se reapresenta somente na próxima quarta-feira, 1, no Estádio Vovozão.

Para conferir a entrevista coletiva na integra, clique no vídeo abaixo.