No último jogo do Ceará, na derrota para o Grêmio por 2×0, em Porto Alegre, o técnico Tiago Nunes, que fazia sua estreia no comando da equipe alvinegra, foi questionado sobre a atuação do meia Vina. O treinador do Vovô respondeu dessa maneira.

“O Vina é um jogador extremamente técnico com potencial de finalização. Um jogador que num lance pode desequilibrar. E esse tipo de atleta, na minha opinião, tem de estar em campo mais tempo mesmo que a marcação seja dura e o espaço seja pequeno, que ele tenha que se virar muitas vezes num espaço muito reduzido o que nós temos de fazer é coletivamente ofertar mais oportunidades para que ele possa atuar mais vezes, tocar mais vezes na bola e ser mais decisivo”, declarou.

A avaliação de Tiago Nunes faz claramente referência ao Vina da temporada passada, quando o camisa 29 do Vovô foi líder de assistências, artilheiro, escalado para a Seleção do Brasileirão e ainda pré-convocado pelo técnico Tite.

No entanto, o atual Vina está distante daquele jogador de 2020. Mesmo com o apoio de todos os companheiros do clube, onde é bastante querido, e até nas inúmeras chances que recebeu com Guto Ferreira, o meio-campista alvinegro não consegue repetir as boas atuações.

Neste Brasileirão, talvez o único jogo em que ele teve os lampejos que o levaram a ídolo da torcida aconteceu no empate por 1×1 contra o Flamengo, no Castelão, quando marcou o tento alvinegro. Só que no Campeonato, Vina participou de outras 17 partidas (9 delas como titular) e só fez 1 gol, de pênalti, contra o Santos, na Vila Belmiro, na derrota por 3×1. Assim como o número de assistências apenas 1.

Entre especialistas, repórteres e comentaristas, se Vina conseguisse voltar a jogar o futebol da temporada passada, seria a melhor contratação já feita pelo Ceará para disputar o Brasileirão. Por outro lado, há outra unanimidade. A de que o Camisa 29 já recebeu todas as oportunidades possíveis para se reencontrar.

No entanto, com a declaração de Tiago Nunes, não há como negar que Vina não só vai seguir como titular como o treinador alvinegro tem total confiança nele. Ou seja, Vina tem o total respaldo do chefe e o apoio dos companheiros. O momento para renascer, novamente, é agora.

O Ceará volta a campo no sábado, 21h, na Arena Castelão, para enfrentar o Santos. Quem sabe não seja a chance (mais uma) para a estrela alvinegra brilhar novamente e não parar mais.

📸 Ascom/CearáSC

📸 João Moura/Arena Castelão