Em entrevista coletiva, após a vitória sobre o Sport por 1×0, na Arena Pernambuco, o técnico Juan Pablo Vojvoda analisou o triunfo. O comandante leonino destacou que o mais importante era o time ganhar depois de 6 partidas.

Considero que o Fortaleza fez um jogo inteligente defensivamente. Sinceramente, eu desfrutei mais de outros jogos. Nós tivemos outros jogos mais eficazes. Nesse jogo contra o Sport, nós necessitávamos cortar essa sequência sem vencer e para isso também é importante jogar a partida com inteligência, sabendo interpretar os momentos que o time está passando. Em duelos anteriores, o time fez bons jogos, principalmente contra o Internacional. Fizemos um jogo interessante também contra um adversário muito bom como o Atlético/MG e não conseguimos ganhar ou empatar. Neste jogo contra o Sport, que é um time que está numa situação complicada, ia ser um jogo muito parelho, disputado, como foi, e nós precisávamos vencer e conseguimos o objetivo”, avaliou.

O treinador leonino também foi questionado sobre o retorno de peças importantes ao time como o volante Felipe, o zagueiro/ala Tinga e o atacante Romarinho. No entanto, Vojvoda fez questão de enaltecer todo o elenco.

“Para mim, todos os jogadores são importantes, de verdade. Não considero um jogador muito acima do outro. Eu tenho de escolher um time. Verdade que hoje tivemos o retorno de Felipe, Tinga e Romarinho. Mas em outros jogos, contra o São Paulo, Ronald entrou num momento muito difícil e foi um dos principais na distribuição de jogo, fez um gol e jogou muito bem. Tenho um elenco muito equilibrado, onde é bem difícil, muitas vezes, escolher os jogadores. Isso é muito importante para um treinador”, concluiu.

Confira abaixo a entrevista na íntegra do treinador Juan Pablo Vojvoda.

📸Bruno Oliveira/FortalezaEC