Pela primeira vez neste Brasileirão, o Ceará nunca esteve tão próximo da zona de rebaixamento. Em 14º lugar (2 jogos a menos) com 29 pontos, 2 à frente do Bahia (17º colocado), o Vovô enfrenta o São Paulo nesta quinta-feira, às 19h, no Morumbi (com transmissão do Premiere), pela 26ª Rodada.

A equipe alvinegra ainda terá pela frente o enorme desafio de nunca ter vencido o Tricolor paulista no Morumbi, pela Série A. Para completar, o time do técnico Tiago Nunes não venceu como visitante neste Brasileirão.

Se não bastasse todos esses ingredientes, o Ceará encara um adversário que vive numa turbulência sem fim. Sem perder há 7 rodadas, mas sem vencer há 6, a diretoria do São Paulo resolveu demitir o técnico Hernan Crespo e duas horas depois anunciou Rogério Ceni. O ex-comandante do Fortaleza e Flamengo já treinou o grupo na noite dessa quarta no Morumbi. O time está a apenas 1 ponto acima do Vovô, consequentemente também próximo do Z4.

Para esse duelo importante, o técnico Tiago Nunes faz mistério na escalação e no esquema tático. A boa apresentação da equipe com 3 zagueiros, no 2º tempo do jogo contra o Atlético/MG, quando perdeu por 3×1, mas só foi vazada 1 vez, é uma incógnita.

“Foi uma experiência nova, mas a gente vê como uma situação boa. Nos adaptamos bem. A gente já vem trabalhando para melhorar cada vez mais no sistema com 3 zagueiros. A gente se adaptou bem no 2º tempo. A gente conseguiu organizar melhor e sofrer menos ataques”, declarou Gabriel Lacerda, em entrevista coletiva.

A volta do meio-campista Marlon, que estava suspenso na rodada passada, e os testes com Fabinho e Gabriel Lacerda, só comprovam as opções do comandante alvinegro para escalar os 11 titulares, que também poderá ter novidades no ataque, já que Mendoza e Erick participaram das atividades na equipe de cima.

Vale lembrar que no 1º turno, no Castelão, houve empate por 1×1, com gol contra de Gabriel Dias e do atacante Saulo.

📸Kely Pereira/AGIF/CBF