O torcedor cearense não tem um instante de paz. Já não bastasse o rígido procedimento de segurança para o retorno aos estádios, agora o entrave da vez é não poder mais tomar cerveja. Em novo protocolo divulgado nesta sexta-feira, 29, pela Secretária de Saúde do Estado do Ceará, a determinação é clara:

“Fica proibida a venda de bebidas alcoólicas dentro das arenas esportivas e no seu entorno durante e após os jogos das competições esportivas”.

A decisão chega logo após o Ministério Público/CE, o Ministério Público Federal e o Ministério Público do Trabalho, em ação conjunta, recomendaram à Secretaria de Saúde do Estado a adoção de providências para proibir a venda de bebidas alcóolicas nas arenas esportivas antes, durante e após as competições esportivas. O MP sugeriu que essas medidas sanitárias sejam adotadas enquanto durar a pandemia da Covid-19, a fim de evitar maior propagação do novo coronavírus.

A regra já vale para a partida do próximo domingo, 31, entre Ceará e Fluminense, às 16h, na Arena Castelão, pela 29ª Rodada da Série A do Brasileiro. Vale lembrar que a Lei Estadual Nº16.783 de 10/05/2019 permite a venda e o consumo de bebidas alcoólicas em arenas esportivas no Estado do Ceará. A regulamentação foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Ceará e sancionada pelo Governador Camilo Santana.

Confira abaixo o protocolo que proíbe a venda de bebida alcoólica nos estádios cearenses.