Depois de 3 vitórias seguidas fora de casa, o Fortaleza não conseguiu repetir as atuações anteriores e caiu para o América/MG, por 2×1, no Independência, em Belo Horizonte, pela 29ª Rodada do Brasileirão, na noite desse sábado.

O revés, contudo, mostrou que o time tricolor sentiu as ausências de seus dois alas titulares, Pikachu e Crispim, que estão fazendo a diferença no Campeonato, além é claro da sequência de jogos. Em 28 dias, foram 9 partidas, o desgaste físico, principalmente na 2ª etapa, foi notório, tanto que a equipe não suportou a pressão do adversário, levou o 2º gol e não teve forças para reagir. Nem mesmo as 5 mudanças feitas pelo técnico Vojvoda deram resultado para o Leão buscar o empate.

Com o resultado negativo, o Fortaleza deixou o G4 pela primeira vez, após 18 rodadas. A equipe leonina agora ocupa a 5ª posição com 48 pontos, um a menos, que Red Bull (4º), Palmeiras (3º) e Flamengo (2º).

A partida diante do América também foi marcada, novamente, pela forte influência do VAR. Além de um pênalti claro em cima de Henriquez, que o árbitro marcou, mas depois anulou com a “ajuda” do árbitro de vídeo, o Fortaleza viu o VAR chamar o juiz para marcar um toque de braço do zagueiro Tinga e com isso assinalar penalidade para o Coelho.

Mesmo com uma formação diferente, com Éderson jogando pelo lado direito e Bruno Melo pelo lado esquerdo, com David e Henriquez no ataque e Lucas Lima na meia, o Fortaleza oscilou alguns bons e maus momentos, os melhores foram na 1ª etapa, quando até levar o gol de Ademir. Porém, foram apenas 11 finalizações, contra 23 do adversário.

O empate, contudo, saiu no começo da 2ª etapa, numa bela tabela entre a dupla de ataque, que David deixou lá dentro. A esperança de uma virada cresceu. Porém, o desgaste apareceu e as mudanças foram necessárias, mas não surtiram efeito. O América foi pra pressão, o Fortaleza aceitou, e aos 38min, os donos da casa fizeram o gol da vitória com Felipe Azevedo, apesar de que dava para o volante Felipe ter cortado o lance (Tinga viu e reclamou).

Agora, pelo menos, o elenco terá uma semana livre para descansar. O próximo jogo será contra o Corinthians, no sábado que vem, às 17h, na Neo Química Arena, e quem sabe, com uma vitória, voltar ao G4.

📸Bruno Oliveira/FortalezaEC