A partida contra o Ceará virou uma decisão de campeonato para o Fortaleza. O Clássico-Rei desta quarta-feira, às 20h, no Castelão, se tornou uma obsessão para todos no Pici. O clube mobiliza todas as forças para que o torcedor vá ao Estádio e apoie o time em busca da vitória.

O horário da partida, que inicialmente estava marcado para as 21h30, depois foi antecipado para as 19h e finalmente foi agendado para as 20h, só aconteceu devido ao empenho dos dirigentes leoninos que tiveram o suporte da Polícia Militar e da Federação Cearense de Futebol. O objetivo é dar mais comodidade para o torcedor poder chegar ao estádio, já que se fosse às 19h, ficaria muito em cima para aqueles, que trabalham até às 18h.

O esforço segue ainda junto com o departamento de futebol. Para ter o torcedor ainda mais próximo do time, o clube resolveu abrir o treinamento desta segunda-feira para o público. Com isso, depois de quase dois anos, enfim, os tricolores poderão acompanhar um treino na sede do Fortaleza.

Aliás, será a primeira vez que os torcedores terão acesso, em um dia de treinamento, ao Centro de Excelência Alcides Santos. Antes, somente, quando a sede ainda era o Estádio Alcides Santos.

Para completar, o departamento de MKT do Fortaleza criou uma ação de publicitária, que caiu nas graças dos tricolores e que está em algumas linhas de ônibus. A hashtag #sonhoqueliberta surgiu com o objetivo de o torcedor apoiar o sonhado desejo de o clube disputar pela 1ª vez a Taça Libertadores.

📸Daniel Galber
📸Ascom/FortalezaEC