Há cerca de 2 meses, o Ceará registrava menos de 15 mil sócios. O time sofria na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o técnico Tiago Nunes não conquistava os resultados positivos e o torcedor não podia ir ao Castelão para ajudar a equipe.

Quase 60 dias depois, o momento é completamente distinto. O Ceará atingiu nesta terça-feira, a incrível marca de 25 mil sócios ativos. Um desejo antigo do clube, que vem desde 2008 com o então presidente Evandro Leitão, que pregava: “com a ajuda do nosso torcedor fazendo o sócio podemos fazer um Ceará ainda maior”. Naquela época, o ex-mandatário alvinegro queria 20 mil associados.

Mesmo com os 25 mil, a diretoria do Ceará não quer parar e aumentou o sarrafo. O desejo é que o clube possa ter 30 mil sócios. A empolgação tem seus motivos. O time, que lutava para sair de perto da zona de rebaixamento, hoje já está próximo da zona de classificação para a Libertadores. Se vencer o Corinthians, nesta quinta-feira, vai entrar no G8.

Para completar a euforia alvinegra, mais de 30 mil torcedores já confirmaram presença na partida contra o Timão. Será o maior público registrado no futebol cearense, desde o retorno da torcida, devido à pandemia. A expectativa é que mais de 40 mil pessoas estejam no Castelão empurrando o time em busca da tão sonhada vitória e de entrar no grupo de classificação ao torneio mais importante do continente.

📸 Ascom/CearáSC

📸Reprodução/Twitter