Nos últimos 7 jogos do Brasileirão, o Fortaleza só conseguiu 1 vitória, saiu do G4 e vê ameaçada a vaga para disputar a tão sonhada e inédita Taça Libertadores. No entanto, faltando ainda 3 partidas, o time tricolor só depende de si para garantir um lugar na fase de grupos do principal torneio do continente.

Com 52 pontos, na 5ª colocação, o Fortaleza tem mais 3 jogos, 2 deles em casa, e independente de qualquer outro resultado dos concorrentes, se ganhar conquistará o objetivo. O primeiro desafio é na próxima sexta-feira, 3, no Castelão, contra um time que briga contra o rebaixamento: o Juventude.

Depois disso, sai de casa e na segunda-feira, dia 6, vai até a Arena Pantanal encarar o Cuiabá, que tem 34 pontos, em 13º lugar, e é uma das surpresas da competição. Para encerrar a participação, recebe o Bahia, outro que briga pra não cair, na quinta-feira, 9, às 21h30, no Castelão.

Se depender dos últimos jogos, a apreensão leonina é grande, principalmente pelo que o time vem apresentando e ainda mais que os 3 próximos adversários não perderam no 1º turno para o Tricolor. Empate por 1×1 contra o Juventude, derrota por 4×2 para o Bahia e 0x0 diante do Cuiabá.

Por outro lado, é possível acreditar que no momento decisivo, os jogadores e a comissão técnica possam mostrar e comprovar o motivo de terem ficado a maior parte do Campeonato entre os 4 primeiros, de terem encantado a todos com um futebol pra frente e que chegou até a liderar. Para isso, vão ter de apagar as últimas apresentações e focar no que brilhou no 1º turno.

📸Bruno Oliveira/FortalezaEC