Estreia na competição, estádio lotado, contra um adversário gigante e ainda novo treinador no comando. Os ingredientes para o Ceará literalmente recomeçar a temporada estão na mesa, ou melhor na Arena Castelão, a partir das 19h15, contra o Independente, da Argentina.

As feridas das eliminações na Copa do Nordeste e no Campeonato Cearense ainda não estão totalmente cicatrizadas, tanto que Dorival Júnior chega também como este papel. O novo treinador alvinegro também terá muitas outras funções, como ajudar o time acabar com a ineficiência no ataque e fazer com que alguns atletas joguem um futebol em que a torcida aprove.

Aliás, os alvinegros devem comparecer em peso ao Castelão, são esperados mais de 40 mil torcedores para empurrar a equipe em busca da vitória e começar com o pé direito na Sul-Americana. Ainda mais que o rival argentino é o principal favorito neste Grupo G, passa apenas 1 de fase.

Assim, a partida já é considerada uma decisão para o elenco alvinegro. Pelo menos foi o que o atacante Steven Mendoza falou em coletiva. E esse espírito de Final é o que está na cabeça dos atletas, Richardson, na semana passada, fez questão de ressaltar que não há mais margem para erros.

Sem poder errar, o Ceará ainda vai ter de se adaptar à filosofia do novo treinador. Dorival Júnior, que estava há quase 2 anos longe dos gramados, retorna com um currículo de grandes conquistas e trabalho reconhecido em clubes gigantes. Com isso, pode fazer a diferença e levar o Vozão a sonhar com uma campanha que surpreenda os mais céticos.

Aliás, o novo comandante alvinegro não deu nem pistas sobre qual a provável escalação e os 11 titulares diante do Independiente só será conhecido 1 hora antes da bola rolar. Por outro lado, deu pra descobrir que é possível uma formação com 3 volantes (Lindoso, Sobral e Richardson).

Lembrando que o lateral-esquerdo Vitor Luís não treinou nessa terça-feira e o atacante Matheus Peixoto, último reforço do clube, segue se recuperando de lesão no tornozelo e nem sequer ainda deixou o departamento médico.

Assim o Vovô pode ir a campo com: João Ricardo, Nino Paraíba, Luiz Otávio, Messias e Bruno Pacheco; Lindoso, Sobral, Richardson e Vina; Mendoza e Zé Roberto.

Rei das Copas

Para encarar o Ceará, o campeão das edições de 2010 e 2017 não poderá contar com os zagueiros Sergio Barreto e Juan Insaurralde, ambos foram expulsos na última partida internacional, enquanto Damián Batallini ainda não se recuperou da contusão. O Independiente treinou na noite dessa terça-feira, no Centro de Excelência Alcides Santos, no Pici.

O provável time argentino: Sebastián Sosa; Gonzalo Asís, Joaquín Laso, Ayrton Costa, Lucas Rodríguez; Domingo Blanco, Lucas Romero, Carlos Benavidez, Alan Soñora; Andrés Roa y Leandro Benegas. Técnico: Eduardo Domínguez.

📸Fausto Filho/CearáSC
📸Mário Kempes/Blog do Kempes
📸Felipe Santos/Ceará SC
📸Reprodução/Twitter