Motivo de muitas reclamações de quem comparece à Arena Castelão, o Ministério Público do Estado do Ceará (MP/CE), através do Núcleo do Desporto e Defesa do Torcedor (NUDTOR) resolveu agir. Na semana passada, enviou oficio à Secretaria de Esporte e Juventude do Estado recomendando algumas medidas para a segurança e conforto do torcedor.

Entre as providências que devem ser tomadas pela administração da Arena, uma delas é a de incluir a modernização, virtualização e venda antecipada de bilhetes do estacionamento, excluindo por completo a venda em espécie no momento do acesso de veículos. Com isso, possibilita o torcedor mais conforto na compra e rapidez no acesso ao Estádio.

De acordo com o promotor de Justiça Antônio Edvando Elias França, coordenador do NUDTOR: “o acesso ao estacionamento no modelo atual é lento, sobrecarrega a via especialmente em dias de jogos com grande público, causa congestionamento nas vias públicas do entorno e expõe os torcedores a situação de insegurança, a exemplo de assaltos e arrastões. Além disso, há uma necessidade premente de modernização do acesso de torcedores que conduzem seus veículos”.

Outra providência sugerida e também de muita reclamação dos torcedores é sobre o sinal de celular das operadoras de telefonia. É comum, principalmente em dia de jogos com grande público, não haver sequer sinal para receber e fazer ligações, sem contar que a internet sem fio não funciona adequadamente.

Assim, a recomendação do NUDTOR orienta que a Secretaria de Esporte e Juventude providencie a melhoria na qualidade do sinal de Internet na Arena Castelão junto às operadoras do serviço.

O descumprimento da Recomendação sujeitará a Secretaria o pagamento de multa equivalente a 40.000 Ufirs (1 ufir no Estado do Ceará, em 2022, está fixada em R$ 5,18) algo em torno de R$ 200 mil.

📸Divulgação/Arena Castelão