Foto: LC Moreira

Principal estrela do elenco, Vina voltou a ser imprescindível em outra vitória do Ceará. Depois da entrada dele e do atacante Erick, no 2º tempo, o Vovô conseguiu superar o Deportivo La Guaira, por 3×0, na Arena Castelão, com o Camisa 29 marcando 1 gol, e o time segue na liderança isolada com 100% de aproveitamento na Sul-Americana em 4 jogos, 4 vitórias, 9 gols marcados e apenas 1 sofrido.

Vina chegou ao seu 2º gol na Sula, o 8º nesta temporada (é o artilheiro isolado do time) e ao 42º pelo clube. Idolatrado pela torcida e bastante querido pelos companheiros, o meia-atacante foi alvo de duras críticas do presidente Robinson de Castro, que na segunda-feira, concedeu coletiva em que chamou de desrespeito a atitude dos atletas (com Vina incluído) por terem ido à Festa Garota Vip, depois da derrota para o Red Bull Bragantino no sábado passado.

Foto: Xandy Rodrigues

A expectativa, então, para o duelo dessa terça-feira, era como seria a reação da torcida e principalmente do Camisa 29 do Ceará. E o que se viu, na verdade, foi mais uma vez um relacionamento cada vez mais apegado e apaixonado entre torcedores e Vina.

Ao entrar no intervalo do 1º para o 2º tempo, a torcida começou um coro ainda meio tímido: “Vai, Safadão, Vai, Safadão”, em alusão ao show do cantor Wesley Safadão que Vina e companheiros foram no no final de semana.

Foto: Xandy Rodrigues

O que parecia ser uma crítica, na verdade, virou foi combustível para ele e para a equipe. Nem demorou muito para o Ceará criar 2 chances de abrir o placar e logo em seguida fazer o 1º com Mendoza. Aí, aos 20min, em vacilada do goleiro venezuelano, a bola caiu na frente de Vina, que tocou para o fundo das redes e saiu com as mãos nas orelhas, como pedindo pra ouvir algo. Foi o estopim para a torcida e jogador mostrarem a sinergia e comprovar que a paixão move ambos.

Foto: Xandy Rodrigues

Os gritos ecoaram pelo Castelão: “Vai, Safadão, Vai, Safadão“. Vina entrou no embalo, fez a dancinha com os braços levantados e comemorou bastante.

Depois da partida, ao ser chamado para conceder entrevista para a Conmebol TV, meia-atacante voltou a ouvir os gritos da torcida e obviamente deu aquela risada de quem gosta e aprova o carinho da torcida, seja da maneira que for.

🎥Tonac/Whatsapp