No jogo mais aguardado da temporada, contra um dos maiores times do mundo, na maior competição de clubes do continente, o Fortaleza encantou a todos.

Antes mesmo de a bola rolar, quando os jogadores entraram em campo, o primeiro mosaico já dava o aviso de que o espetáculo seria apoteótico.

Em seguida, mesmo depois de encerrado nos alto falantes, o Hino Nacional cantado à capela arrepiou e impressionou até mesmo os argentinos comandados pelo multicampeão Marcelo Gallardo.

Foto: Mário Kempes

Logo depois, o segundo mosaico, em inglês, no idioma universal, para o mundo todo saber o sentimento dos brasileiros, principalmente, os cearenses, que sofreram com o racismo no Monumental. Uma resposta à la Martin Luther King, que pregava a não violência para combater um dos flagelos da sociedade.

Foto: Mário Kempes

Aí, quando a bola rolou, os jogadores em campo mantiveram o nível da festa nas arquibancadas. Uma grande partida de futebol, com dois times buscando o gol a todo momento.

Para os que apreciam merecidamente o excelente futebol no velho continente, com a Liga dos Campeões, Fortaleza 1×1 River Plate transformaram a Libertadores também num esporte lindo de se ver e apreciar.

Foto: Xandy Rodrigues

Há pouco mais de 5 anos, os tricolores sofreram em um martírio chamado Série C, onde chegaram a dizer que iriam morrer por lá. Na noite dessa quinta-feira, 05 de maio de 2022, eternizaram o sentimento de orgulho por protagonizarem um dos mais lindos espetáculos do futebol brasileiro.