Foto: Mateus Lotif/FortalezaEC

Depois de 3 boa apresentações diante de Alianza Lima (vitória), Corinthians (derrota) e River Plate (empate), se imaginava que o Fortaleza pudesse conquistar o 1º triunfo no Brasileirão diante do São Paulo. Só que o empate de 1×1, no Castelão, frustrou os tricolores e até quem esperava um jogo aberto e pra frente.

Com duas equipes aparentemente estafadas, a partida não foi nem de longe parecida com o espetáculo produzido na quinta-feira passada pela Libertadores. O Fortaleza encontrou um adversário que chegou ao Castelão para não perder e isso só aumentou ainda mais a dificuldade.

Para piorar, o Tricolor voltou a falhar no setor de ataque. Moisés, que foi um dos destaques do time durante a campanha invicta na Copa do Nordeste, parece ter perdido a confiança e falha ou nos dribles em demasia ou na finalização, seu maior pecado. Enquanto Silvio Romero na única chance que teve chutou fraco.

A esperança, assim, recaiu para Pikachu, que novamente voltou a ser decisivo. Além de jogar em múltiplas funções ainda fez um golaço, o do empate que evitou a 4ª derrota consecutiva. Há umas ressalvas que precisam ser feitas com relação ao time leonino.

Claro que não é possível ir bem em todos os jogos, mas quando isso acontece é necessário mudanças e aí precisa mostrar o elenco competitivo e de qualidade que Vojvoda sempre ressalta nas entrevistas coletivas. O cansaço visível de vários atletas provocou alterações na equipe, mas quem entrou pouco correspondeu.

Kayzer, Robson, Lucas Crispim, Hércules e Depietri. Os mais exigentes vão argumentar que atuaram por pouco tempo. Nisso, eu concordo. Então, que possam entrar em campo mais cedo e possam melhorar a qualidade técnica do time. E eu fico me perguntando cadê Igor Torres, Ronald, Romarinho… Nem vou citar Vargas, Henriquez ou Landázuri… Atletas que até bem pouco tempo eram titulares ou entravam em campo para mudar o resultado das partidas.

Se o desgaste é natural e é preciso reconhecer isso, que não falte humildade para reconhecer que é preciso descansar ou para dar a vez a um companheiro que precisa de uma nova chance.

Afinal, chegar a 4 jogos com apenas 1 ponto é muito preocupante, ainda mais que na próxima rodada vai jogar fora de casa contra o Botafogo, embalado por ter derrotado o poderoso Flamengo.