Foto: Pedro Chaves/FCF

O Ceará chega a esta última (decisiva) rodada do Grupo G da Copa Sul-Americana podendo perder por até 1 gol de diferença, que mesmo assim estará classificado às Oitavas de Final da competição continental. Mas superar a “Batalha de Avellaneda”, logo mais, às 21h30, diante do Independiente, tem ingredientes para se transformar numa conquista ainda mais importante na história alvinegra.

Não bastasse seguir firme no torneio, ganhar uma boa grana, é preciso também ressaltar também que eliminar um adversário tão poderoso dará uma confiança e principalmente uma moral acima da média para a equipe comandada por Dorival Júnior.

Afinal, o Independiente é o Rei das Copas e sempre foi considerado o grande favorito para conquistar a vaga. Só para se ter uma ideia são esperados mais de 40 mil torcedores no Estádio Libertadores da América. Todos os ingressos foram vendidos, a previsão é de chuva na hora da partida e os argentinos consideram o duelo como o mais importante do semestre para o clube.

Em meio a um Brasileirão em que o time ainda não engrenou e precisa de algo a mais para empolgar, a Copa Sul-Americana é o aconchego alvinegro para buscar inspiração.

Dono da melhor campanha, com melhor ataque e melhor defesa, o Ceará está perto de algo inédito e se não impedirem, o Vovô vai seguir fazendo bonito, quebrando recordes e arrebentando quem tiver pela frente.