Foto: Felipe Santos/Ceará SC

Na entrevista coletiva de apresentação, o novo treinador do Ceará, Marquinhos Santos, foi lembrado sobre o episódio de Dorival Júnior, que acabou deixando o clube alvinegro, após garantir que não sairia.

Em 2016, no rival Fortaleza, Marquinhos Santos deixou o time tricolor no mata-mata da Série C do Brasileiro para acertar com o Figueirense e foi bastante criticado por todos à época. Questionado como seria sua filosofia, caso uma situação semelhante acontece no Ceará, o técnico foi bastante sincero:

Imagens: Vozão TV

O novo comandante alvinegro terá pela frente uma sequência de 4 jogos na Arena Castelão: Atlético/MG, Cuiabá, Fortaleza (pela Copa do Brasil) e Atlético/GO. Em seguida viaja para a Bolívia, onde duela contra o The Strongest, no confronto de ida das Oitavas de Final da Sul-Americana.

O Ceará está em 13º lugar com 14 pontos e vem de 10 partidas de invencibilidade (1 pela Copa do Brasil, 2 pela Sul-Americana e 7 pelo Brasileiro). Se vencer o Atlético/MG, logo mais às 19h, no Castelão, pode subir até 7 posições na tabela (dependendo dos outros resultados) e assumir o 6º lugar, justamente a colocação do Galo.