Olho Nela

A Taça Fares Lopes 2023 já está definida. Com 5 clubes, apenas 1 da Capital, o torneio está marcado para iniciar em 28 de setembro e terminar em 12 de novembro. Floresta, Pacajus, Maracanã, Guarany de Sobral e Icasa vão jogar entre si em partidas de ida e volta. Quem fizer mais pontos será o campeão e ganhará 1 vaga para disputar a Copa do Brasil de 2023.

Campanha Honrosa

O Pacajus foi eliminado da Série D do Brasileiro, após ser eliminado nos pênaltis para o Rio Branco/AC (5×4, depois de 0x0 no tempo normal). O Cacique do Vale do Caju, contudo, fez uma campanha briosa e foi o único representante do Estado a se classificar na 1ª Fase. Como estreante em competições nacionais, a equipe comandada pelo técnico Oliveira Canindé fez uma ótima jornada e sempre ficou entre os primeiros do grupo. Que possa voltar em breve e assim conquistar o acesso.

Foto: Instagram/Pacajus EC

Cruel em Baixa

Contratado em fevereiro do ano passado para resolver o problema da camisa 9 em Porangabuçu, Jael não conseguiu render no time alvinegro. Lesionado, suspenso ou sem uma sequência, o atacante acabou sofrendo uma grave lesão no final de 2021, que o deixou longe das atividades por um longo período. No entanto, ainda tentando se recuperar, “O Cruel” viajou ao Sul para fazer tratamento específico, e espera ainda voltar a jogar, mas só deve ficar no clube até encerrar o contrato, em dezembro deste ano.

Foto: Felipe Santos/Ceará SC

Nova Casa

Emprestado ao Botafogo/PB, o centroavante Gustavo Coutinho foi chamado pelo Fortaleza. No entanto, o motivo é para o atacante acertar com o Sport, onde vai disputar a Série B do Brasileiro e formar dupla com Vágner Love. Ele deixou o Belo como um dos artilheiros do Brasil na temporada, com 19 gols marcados em 32 jogos. Gustavo, de 23 anos, tem contrato com o Fortaleza até dezembro de 2024.

Foto: Karim Georges/Fortaleza EC

Sorte Verde

Na semana passada, jogadores e comissão técnica do Palmeiras tinham 1 preocupações para enfrentar o Ceará: a temperatura de Fortaleza e o gramado da Arena Castelão. Foi no empate por 0x0 contra o Fortaleza, que o atacante Rony se lesionou. No entanto, tudo deu certo para a equipe de Abel Braga. O clima está ameno, chovendo na Capital cearense, nenhum jogador se machucou e ainda por cima ganhou a partida.

Apito Cearense

No meio de tanta incompetência da arbitragem nacional, Marcelo de Lima Henrique, que está no quadro da Federação Cearense de Futebol, teve uma boa atuação no duelo dificílimo entre Athletico e São Paulo, vencido pelos paranaenses, por 1×0, na Arena da Baixada, domingo passado. A partida teve 2 pênaltis, gol anulado, lances polêmicos, mas o experiente juiz carioca conseguiu escapar ileso das críticas.

Foto: Fernando Gomes/AGIF/CBF