Foto: Karim Georges/Fortaleza EC

Desde março, mais precisamente entre a vitória por 2×1 sobre o Ferroviário, pelas semifinais do Estadual, e o triunfo em cima do CRB, por 2×0, pela última rodada da 1ª Fase da Copa do Nordeste, que o Fortaleza não tinha uma semana livre sem jogos.

Depois de bater o Cuiabá, por 1×0, no domingo passado, na Arena Pantanal, deixar a lanterna, subir 2 posições e ficar a 4 pontos de deixar a Zona de Rebaixamento, o time tricolor só volta a campo agora, no próximo domingo, diante do Internacional, às 18h, na Arena Castelão.

A delegação tricolor, contudo, só chega à Capital cearense no início da noite dessa segunda-feira, ganha folga no dia seguinte e só se reapresenta na quarta-feira, a partir das 16h, no Centro de Excelência Alcides Santos.

Na oportunidade, o técnico Juan Pablo Vojvoda vai começar a pensar na equipe para enfrentar o Colorado. 1 desfalque já é certo: Thiago Galhardo. Emprestado pelo Inter, o atacante não poderá enfrentar o ex-clube. Em compensação, o meia Lucas Crispim, que cumpriu suspensão automática, pode reaparecer no time.

Há ainda a expectativa para os retornos dos volantes Zé Welison e Hércules, que se recuperam de lesão muscular, já deixaram o departamento médico e desde a semana passada estão na transição. Já sobre o lateal/zagueiro Tinga, o tempo de recuperação será um pouco maior, apesar de o ídolo tricolor também já está em transição, mas o processo é maior devido à cirurgia no pé esquerdo.